fbpx
Como Cultivar Orquídeas na Água: Passo a Passo – Completo

É possível sim plantar orquídeas sem terra e no post de hoje vamos lhe ensinar os truques de ouro de como cultivar orquídeas na água! Aproveite!

Centenas de amantes de jardinagem buscam saber como cultivar orquídeas na água, afinal é um tipo de plantio diferente e que pode gerar dúvidas, não é mesmo?

Mas, ao contrário do que você deve estar imaginando, essa não é uma missão impossível e com as dicas certas, verá que pode ser até mais fácil do que o plantio com substrato…

Só que para isso, você precisa saber que há três tipos de orquídeas: as terrestres (para plantar em vasos, por exemplo), as epífitas (para plantar em árvores veja aqui como e as aquáticas, que é a que abordaremos no tema de hoje.

As orquídeas aquáticas embora também sejam delicadas e sensíveis como as outras variedades, ainda assim podem ter um cultivo mais simples.

Um bom exemplo quanto à isso é a sua resistência à climas mais frios, visto que podem ser plantadas perfeitamente em águas geladas.

Mas, além disso, o plantio de orquídeas em vidros com água é mais fascinante que o normal, considerando que suas flores desbotam no inverno e na época de floração surgem mais cintilantes, além de que as folhas permanecem verdes por mais tempo.

Então, se é um amante do plantio de orquídeas e quer descobrir como enraizar orquídea na água e ter seu desenvolvimento pleno e rápido, este artigo é perfeito para você!

Confira neste tutorial completo tudo sobre como cuidar das suas mudas aquáticas!

ENTENDA O QUE É CULTIVAR ORQUÍDEAS NA ÁGUA

O plantio e manejo de uma planta terrestre pode ser totalmente diferente de uma espécie aquática.

É justamente por isso, que uma das nossas primeiras dicas de cultivo de orquídeas é: Entenda que tipo de cultivo terá em casa.

Basicamente, estamos falando de cultura hidropônica, isto é, quando ao invés do solo se faz uso da água e nutrientes dissolvidos para o desenvolvimento da planta.

Assim, embora seja mais comum na plantação de alimentos (alface hidropônica, por exemplo), as flores também são bem adeptas dessa técnicas (tais como orquídeas e lírios da paz).

Sabendo disso, é preciso ficar claro que as necessidades da planta são diferentes do cultivo habitual, ou seja, o modo de fertilização será outro, não será preciso regar, enfim.

Bom, agora você está pronto(a) para o próximo passo, que é aprender como enraizar orquídea na água.

CUIDE DAS RAÍZES DA SUA ORQUÍDEA, ELAS SÃO PRECIOSAS

O cultivo de orquídeas em vidro não é tão complicado quanto falam por aí, visto que o objetivo principal é ter raízes saudáveis e nutridas…

Para isso, é de extrema importância que você saiba como enraizar orquídea na água, ou seja, deixar essa via de nutrição pronta para receber os nutrientes depositados na água e assim se ter o bom desenvolvimento da planta.

A dica então é tentar eliminar TODO o substrato presente nas raízes da sua orquídea, a fim de não deixar nenhuma partícula sólida aderida nessa superfície.

Desse forma, você eliminará as substâncias orgânicas advindas do solo, o que consequentemente é produtivo para sua plantinha, correndo menores riscos dessas substâncias provocarem o apodrecimento das raízes no cultivo com água.

VISIBILIDADE É O SEGREDO DE UM CULTIVO DE ORQUÍDEAS NO VIDRO

Outra dica de cultivo de orquídea para iniciantes através do plantio por água é ter total visibilidade da sua planta, desde as raízes até o topo de sua floração.

Pensando nisso, o ideal é enraizar já em um recipiente transparente, como um vaso de vidro, pois assim conseguirá ter controle da pureza da água e da situação da sua muda.

Veja como ter LINDAS Orquídeas por TODOS os anos!

HOJE DE R$24,90 POR R$0,00!!! TOTALMENTE GRÁTIS APROVEITE QUE É POR TEMPO LIMITADO!

Veja como ter LINDAS Orquídeas por TODOS os anos!
Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Porém, como nem tudo é perfeito, alguns cultivadores reclamam da dificuldade em conseguir fixar a planta de maneira que apenas as suas raízes fiquem submersas na água…

Esse é um grave problema, pois algumas espécies de orquídeas (veja aqui as 10 mais exuberantes, como a phalaenopsis, tem crescimento monopodial (na vertical) e consequentemente são mais suscetíveis a apodrecer.

Isso por que a parte vegetativa da orquídea, especialmente o miolo entre as folhas, tem mais contato com a água, fazendo com que essa se acumule em sua estrutura, causando o apodrecimento de seu caule.

Uma boa dica então para solucionar essa questão é procurar quais são as melhores espécies de orquídea para o plantio aquático.

A ÁGUA SERÁ O PRINCIPAL NUTRIENTE DA SUA FLOR

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como adubar orquídea na água, afinal, nesse tipo de plantio não há terra para disponibilizar os nutrientes, certo?!

Por isso, o quarto passo para ter um lindo e exuberante cultivo de orquídea aquática é cuidando do suprimento de minerais essenciais para a planta na água.

Uma dica interessante e que poucos cultivadores praticam é na hora de aprender como como plantar orquídea em vidro, você mesmo(a) já aplicar uma dose homeopática de fertilizante para a espécie, tendo o cuidado de deixar todas as raízes submersas na água com nutrientes.

TROCAR A ÁGUA DA ORQUÍDEA É ESSENCIAL

Por fim, o último passo para ter orquídeas em vidros com água é com relação à manutenção do líquido no recipiente de plantio.

Diferentemente do cultivo em substrato sólido em que se pede para não mexer muito na planta, nas orquídeas em água pode e deve ter um manejo constante, a fim de evitar contaminações nas raízes.

Assim, a recomendação é fazer a troca da água de hidroponia regularmente, de preferência a cada três ou quatro dias.

Esse pequeno cuidado além de manter a raiz da sua orquídea saudável, ainda dificulta a proliferação excessiva de algas, que quando combinadas em um ambiente fértil e boa luminosidade, acaba por causar a completa destruição da sua planta.

Portanto, esse é o passo a passo básico de como cultivar orquídea em água e embora pareça mais trabalhoso, saiba que depois que você pegar o jeito, fica muito mais fácil o cultivo.

Ah, e não se esqueça que as regrinhas de exposição ao sol indireta e luminosidade adequada continuam valendo nesse tipo de cultivo, afinal, você não quer que a sua água de plantio evapore, não é mesmo?

Então, agora você já sabe como cuidar de orquídeas na água e por isso, está mais do que preparado para começar o seu cultivo! Boa sorte e até mais!

Veja como ter LINDAS Orquídeas por TODOS os anos!

Veja como ter LINDAS Orquídeas por TODOS os anos!

HOJE DE R$24,90 POR R$0,00!!! TOTALMENTE GRÁTIS APROVEITE QUE É POR TEMPO LIMITADO!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Aurélia Souza
Aurélia Souza

Meu nome é Aurélia Souza. Sempre fui apaixonada por jardinagem em especifico por flores. Más algum tempo atrás percebi que minha verdadeira paixão são orquídeas

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.