Rosas do deserto preta: Confira 9 dicas para cuidar de suas plantinhas

Rosas do deserto preta: Confira 9 dicas para cuidar de suas plantinhas

Aprenda mais sobre esta espécie exótica e os cuidados que você deve tomar ao cuidar das Rosas do deserto preta. A rosa do deserto preta é uma bela planta que atrai pessoas de todo o mundo interessadas em jardinagem. Por ser uma planta com um aspecto único e raramente vista na natureza, tem atraído a atenção de quem a conhece.

Neste artigo, você aprenderá as etapas básicas de como cuidar das rosas do deserto preta: Esta planta é nativa da África e parece uma árvore em miniatura com raízes óbvias, como se fosse uma verdadeira árvore frondosa. Em alguns casos, as flores são pretas e muito bonitas.

cuidar das Rosas do deserto preta

É uma planta que pode florescer o ano todo, mas na primavera, tornam-se mais vigorosas e perfumadas, sendo uma espécie perfeita para decorar o jardim em qualquer época do ano.

As rosas do deserto pretas têm mais raízes fora do que dentro e estão longe do “tronco” central chamado bulbo. O bulbo é responsável por armazenar água nesta planta para que ela possa resistir à seca de longa duração.

Como cuidar de uma rosa do deserto: 9 dicas básicas a seguir

1. Preparação do vaso

A rosa do deserto preta, assim como as suculentas, não se adaptam bem a solos úmidos, por isso é importante colocá-las em um recipiente com alta drenagem. É preciso cobrir o fundo do recipiente com algumas pedrinhas ou tecido TNT para impedir que as raízes não saiam dos buracos. O substrato ideal é uma mistura de solo preparado, areia grossa e húmus de minhoca. A proporção deve ser 2/3 areia e 1/3 solo preparado. Isso ocorre porque essa planta é usada para clima semiárido e alta temperatura.

Você pode gostar também: 7 PODEROSAS DICAS PARA CUIDAR DA ORQUÍDEA BAMBU

2. Iluminação

As rosas do deserto preta são uma espécie de planta que amam a iluminação. Você pode até colocá-lo na meia sombra, mas pode ser que sua planta não fique tão exuberante. Esteja preparado para fornecer à rosa do deserto pelo menos 6 horas de luz solar todos os dias, caso contrário, ela pode ficar torta e inclinar-se para um lado ao procurar por mais luz.

3. Temperatura

Esta planta não gosta do frio, por isso se ficar dentro de casa evite colocá-la num ambiente muito húmido ou num local com ar condicionado. Para a rosa do deserto, quanto mais luz solar e calor, melhor. Em baixas temperaturas, ela entra em um estado dormente e seu metabolismo é lento. Se ela florescer, as flores cairão e as folhas amarão.

4. Corte

A poda é muito importante para que as plantas floresçam mais facilmente e para moldá-las. Você pode usar os recursos usados ​​pelos produtores de bonsai, como embrulhar galhos com arame e fixá-los com cordas para dar às plantas a forma desejada.

5. Fertilização

Como esta planta precisa de um vaso com forte drenagem, alguns nutrientes serão perdidos com o tempo. Portanto, deve ser fertilizado para garantir que cresça bem e floresça mais ao longo do ano. O fertilizante não deve ser aplicado diretamente nas raízes ou quando o substrato estiver completamente seco, pois queimará as raízes e fará com que as folhas caiam. Um truque é usar o fertilizante Forth Cactos para obter bons resultados na sua rosa do deserto.

6. Rega

A rosa do deserto preta precisa de água. Se você não abusar da água, então você não apodrece suas raízes e mata plantas. Uma maneira de saber se uma planta precisa de água é apertando suavemente o bulbo. Se o bulbo murchar, significa que a planta está desidratada. Outra maneira de determinar se as plantas devem ser regadas é garantir que o solo esteja úmido. Regue as plantas apenas quando o solo estiver muito seco.

7. Salvando plantas que se deterioraram

Se você negligenciar a rega e suas plantas apodrecerem, relaxe, ainda pode haver salvação. Retire a planta do solo, limpe todas as raízes e, em seguida, use uma colher para remover as partes podres. Pendure a planta na sombra até que todas as feridas cicatrizem. Isso levará de 5 a 6 dias. Em seguida, replante os bulbos em vasos com substratos novos e colocá-los em local fresco por mais 3 a 4 dias. Gradualmente, coloque suas plantas ao sol e monitore seu desenvolvimento. Durante este processo, se as folhas caírem, não se preocupe, isso é normal.

Aprenda mais sobre esta espécie exótica e os cuidados que você deve tomar ao cuidar das Rosas do deserto preta

8. Adaptação ao novo ambiente

É normal que as folhas fiquem amareladas e caiam depois de comprar rosas do deserto preta, no viveiro ou no mercado. Isso ocorre porque a planta mudou completamente seu ambiente, mas não se preocupe. Durante este período de adaptação, não há necessidade de substituir plantas em vasos ou fertilizar e esperar que as plantas cresçam.

9. Cuidados de manuseio

Apesar de ser uma planta estranha e bonita, a rosa do deserto é altamente venenosa. Durante séculos, sua seiva foi usada como veneno para lanças e flechas por nativos do continente africano. Ferveram as plantas por 12 horas até que todos os extratos fossem removidos.

A viscosidade produzida por esse processo é um veneno altamente concentrado. Uma das curiosidades dessa planta é que em seu ambiente natural, ou seja, cresce livremente no solo, em um clima adequado sua altura pode chegar a 4 metros e seu diâmetro pode chegar a 1,5 metros.

Além disso, esta planta pode obter preços elevados no mercado. A rosa do deserto preta é uma planta diferente de qualquer planta que você já viu. Se você quiser comprar essa plantinha, não perca mais tempo! Ela vai te dar lindas flores quando desabrocharem e vai ganhar comentários de quem visitar sua casa e aprender sobre essa espécie tão estranha.

Conheça os 5 SEGREDOS do cultivo de ORQUÍDEAS - HOJE É DE GRAÇA!!

Conheça os 5 SEGREDOS do cultivo de ORQUÍDEAS - HOJE É DE GRAÇA!!

PEGUE SEU BÔNUS AGORA MESMO! APROVEITA ENQUANTO É GRÁTIS!!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Aurélia Souza
Aurélia Souza

Meu nome é Aurélia Souza. Sempre fui apaixonada por jardinagem em especifico por flores. Más algum tempo atrás percebi que minha verdadeira paixão são orquídeas

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.